5 Dicas que vão ajuda-lo a reduzir o índice de turnover

5 Dicas que vão ajuda-lo a reduzir o índice de turnover

O turnover, ou índice de rotatividade de pessoal nas empresas, atrapalham a rotina de um negócio. Saiba como tornar o ambiente agradável

A insatisfação dentro das empresas ainda é muito comum em todos os segmentos. E ao contrário do que a maioria acredita, o funcionário não é o maior prejudicado nesse tipo de situação. Se ele for bom, não lhe faltarão oportunidades de emprego.
   
Quem perde mesmo nos modelos de gestão que desvalorizam a mão de obra é o empreendedor, o dono da empresa. Além de arcar com o ônus financeiro da rotatividade, a imagem da empresa fica arranhada no mercado. Sem falar da queda produtiva quando ninguém consegue mostrar resultados sob constante pressão.
   
De fato, o problema é comum, mas com iniciativa e humildade para fazer uma auto-avaliação, o empreendedor pode resolvê-lo facilmente.
   
Confira abaixo cinco dicas que vão ajudá-lo a acabar com o troca-troca de funcionários e tornar agradável o ambiente:
   
Invista nas instalações
Conforto é fundamental para colaboradores trabalharem direito. Por menor que seja a empresa, ofereça estacionamento (ou tenha convênio com algum), computadores em bom estado, cadeiras confortáveis, banheiros limpos e uma área para refeições. Se tiver refeitório, opte por alimentos saudáveis e aposte em um buffet com cardápio variado. A hora do almoço pode ser um ótimo momento para a equipe descontrair e se conhecer melhor.
   
Flexibilize horários
Permita que pelo menos uma vez por semana os funcionários decidam em qual período querem trabalhar. Dar autonomia mostra confiança e faz com que a pessoa recompense o gesto com o aumento de produtividade.
   
Crie atividades interativas fora do ambiente de trabalho
Churrascos, passeios e festas fora da empresa ajudam a unir o time e melhoram o clima. Confraternizações também ajudam o gestor construir uma imagem mais humana.
   
Não exija que a equipe viva para o seu negócio
Saiba dosar a carga de trabalho. Comprometimento é importante, assim como ter tempo livre. Quando o funcionário se dedica a outras atividades no fim de semana, por exemplo, ele recarrega as energias e volta com ânimo para encarar a rotina durante a semana.
   
Seja acessível
O dono do negócio deve ser alguém com quem seja possível conversar, sugerir mudanças e contribuir com novas ideias. Chefes muito rigorosos e distantes intimidam e geram um ambiente constante de tensão.

Fonte: Revista Pequenas empresas grandes negócios.
   
Confira nosso e-Book
Call to Action Ebook (Produtivo)

Deixe uma resposta