5 frases que bons chefes não devem dizer

5 frases que bons chefes não devem dizer

Há algumas sentenças que mostram que o chefe comanda “na base do terror”. Saiba quais e evite-as.

Líderes normalmente comandam suas equipes de duas maneiras: a primeira é mais autoritária e usada por chefes que não se importam em mandar. Ele sabe que tem poder e não tem problemas em mandar.

A segunda se baseia na conquista da confiança de seus empregados e de bom senso na hora de dar ordens. Chefes menos autoritários conseguem tornar o clima do escritório mais agradável e não viram um fator de insatisfação dos empregados.

Lolly Daskal, especialista em gestão de pessoas americana, listou algumas frases, normalmente ditas por chefes mandões. Se você as profere, talvez valha repensar seu método de gestão.

Confira também sentenças alternativas para manter sua relação com a equipe a mais harmoniosa possível:

1. “Eu estou mandando”
Lolly diz que, por mais que você realmente mande em seus funcionários, o comando deve ser algo natural. É claro que, para que os empregados sigam o que o chefe diz, é importante que todos confiem no líder e vejam nele um exemplo.

A especialista afirma que os patrões que são mandões são os piores líderes. Se você lida com seus colaboradores “na base do terror”, talvez seja melhor rever alguns pontos da gestão. Lolly recomenda que, sempre que um chefe tenha que pedir algo, seja educado: um “por favor” não faz mal a ninguém.

2. “Quem você acha que é?”
Esta é uma resposta típica de chefes que querem mostrar quem manda na empresa. Além de deselegantes, tais palavras mostram, também, que o chefe em questão não conquistou a confiança de seus comandados e não está fazendo muita coisa para conquistá-los.

Está, na verdade, mandando neles. Ao ter uma opinião rebatida por um funcionário – algo totalmente comum, vale dizer – pergunte a ele quais são suas propostas e, caso elas sejam pertinentes, seja humilde e leve em conta o que foi dito por ele.

3. “Não preciso de ajuda”
Mentira. Todo chefe precisa de ajuda. Se você não delega tarefas, talvez você não confie no seu time. E aí está o erro: você deve acreditar no potencial da sua equipe. Do contrário, é melhor trocar algumas peças.

Lolly diz que chefes centralizadores perdem tempo e lidam com uma carga de trabalho gigantesca, o que pode levar a problemas de saúde.

4. “Não é minha culpa”
Lolly afirma que líderes de verdade assumem as responsabilidades. Mesmo que não tenham sido cometidas por eles.

Segundo ela, bons chefes delegam tarefas. E, ao fazê-lo, por mais que não sejam os executores do trabalho em questão, eles continuam sendo os responsáveis. Não repasse a culpa a outros.

5. “Não tenho tempo”
Para ter a confiança do seu time, é importante ter tempo para ajudá-los a resolver seus problemas. Por mais que você não tenha tempo, dê um jeito. Construir uma equipe coesa é um dos seus objetivos principais, afirma Lolly.

Fonte: Revista PEGN

Quer melhorar ainda mais o desempenho da sua equipe? Confira nosso e-Book.

Call to Action Ebook (Produtivo)

Deixe uma resposta