Porque empresas grandes não inovam mais?

Porque empresas grandes não inovam mais?

Existem questões estruturais que fazem com que seja mais difícil para empresas grandes inovarem, ou pelo menos aparentarem que inovam. Aqui estão algumas:

1. Empresas grandes possuem mais camadas de gerenciamento, com cada camada servindo como barreira que ideias inovativas devem pular. Elas podem tropeçar nas barreiras por fatores políticos ou simplesmente por haver outras iniciativas pegando fogo dentro da mesma organização, reações alérgicas ou experiencias passadas de um executivo, ou uma dezena de outras razões. Algumas empresas GRANDES previnem o acontecimento disso possuindo poucos portões onde ideias devem atravessar. Contrariamente algumas empresas possuem cultura forte suficiente onde existe espaço e tempo para dar atenção a ideias inovativas (e menos para política).

2. Quando um negócio cresce, as massas da companhia devem focar seus esforços em dirigir o crescimento continuo no negócio principal. Quanto maior o empreendimento, maiores são os esforços requeridos para sustentar crescimento. Mesmo se o nível de “inovação” é mantido, parecerá que menos inovações estão acontecendo devido ao tamanho geral da empresa. Algumas EMPRESAS previnem esta tendencia através de perspectivas de longo prazo e aceitando que sementes devem ser plantas, jardins regados, e não raramente esperar 10 ou mais anos para que elas realmente se enraízem e agreguem valor.

3. Empresas GRANDES tem mais a perder, o que leva a uma certa quantidade (apropriada) de conservadorismo. É fácil arriscar perder a confiança de clientes quando você possui 10 clientes do que quando você tem 10 milhões de clientes. EMPRESAS não podem tratar o que eles já construíram como um custo irrecuperável.

4. Muitos negócios acham fácil inovar (ou tentar) quando se obtêm sucesso e difícil de inovar, quando existe pressão sobre os rendimentos. Algumas ainda acham difícil inovar mesmo depois de lograr sucesso porque buscam espremer mais ainda a laranja (exemplo: mais sucesso). Com isso dito, sobra um pequeno segmento de empresas onde as lideranças se mantêm posicionadas sobre visões de longo prazo e tentam dar apoio a inovação tanto nos bons quanto nos maus momentos, mesmo que possam ser mal entendidos por analistas ou críticos.

5. Algumas EMPRESAS possuem um uma proporção maiores de gente inovadora do que outras. EMPRESAS devem manter a cultura da inovação e recompensar o “pensar grande” como competência básica para atrair um percentual de inovação relevante com o passar do tempo.

Eu poderia adicionar alguns outros fatores extras mas foram estes que brilharam na mente. Fico contente em dizer que eu trabalho para uma EMPRESA que considero que cumpre seu trabalho decentemente em inovações e possui e mantêm suas visões de longo prazo.

Escrito por Ian McAllister,
Diretor do programa AmazonSmile na Amazon

Quer melhorar ainda mais o desempenho da sua equipe? Confira nosso e-Book.

Call to Action Ebook (Produtivo)

Deixe uma resposta